O crescimento do consumo no e-commerce brasileiro pelo público masculino

Categorias: Notícias

O público masculino deixou de ser um mero acompanhante no ambiente das compras. Antes visto como coadjuvante, hoje se destaca como grande consumidor, não só de produtos tradicionais – vestuário e calçados –, como de itens que abrangem um universo que antes era apenas explorado para as mulheres.

 

 

De acordo com pesquisas recentes, eles têm buscado cada vez mais por produtos e serviços direcionados à beleza e aos tratamentos visuais. Segundo dados da ABIHPEC- Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, 43% dos entrevistados declararam serem supervaidosos. Não é à toa que o Brasil se tornou o 2º maior consumidor do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, ao apresentar um crescimento de 16% nos últimos cinco anos do consumo masculino. Para 61,9% deles, o cuidado com beleza é necessidade e não questão de luxo.

 

 

Outro dado que chama atenção é a procura por esses produtos via internet e, quando acompanhados por uma mulher, 74% deles gastam mais. Ao observar este cenário, vemos o aumento do número de lojas virtuais voltadas ao público masculino. Neste momento, as empresas e profissionais que visualizarem este perfil, tendem a conquistar uma fatia considerável deste público cada vez mais ávido por produtos e serviços de qualidade, considerando que 70% do público masculino participa ativamente das compras.

 
O que vai diferenciar uma loja virtual de sucesso é a combinação do atendimento personalizado e disponível em diversos canais, e um portfólio completo, que contemple as marcas com as quais os consumidores estão habituados.

 

 

 

Daniel Bressan

Fonte: Administradores

 

 

120x120

Comente

O seu endereço de email não será publicado