Como manter a qualidade de vida retornando ao trabalho presencial

Postado em: Categorias: GestãoTagged , , , , , , , , Como manter a qualidade vida

Desde o início da pandemia, muitos tiveram suas rotinas alteradas e novas relações de trabalho foram surgindo, tais como o trabalho à distância, alternativa esta que, para uma parcela, foi de difícil adaptação; porém, aos poucos ganhou mais adeptos do que se esperava. Após a vacinação, algumas empresas decidiram retomar suas atividades presenciais. Agora a preocupação é manter a qualidade de vida ao retornar para o trabalho presencial. Confira a seguir!

Sem tempo para ler? Ouça Agora!

 

 

 

Adaptação: essa foi a palavra que imperou nos dois últimos anos. A necessidade de haver isolamento social, provocado pela Covid-19, colocou diversas empresas em “xeque”, afinal, os dois últimos anos forçaram novas posturas diante do cenário que se apresentava. 

 

Uma das saídas encontradas foi o trabalho à distância. A modalidade divide opiniões e, até então, não foi sentida, em um primeiro instante, como algo vantajoso. Foi, sim, necessária uma adaptação hierárquica, ou seja, dos gestores aos colaboradores.

 

Mas, como somos adaptáveis, os resultados, para muitos, foram fora da média, os colaboradores mostraram resultados e a nova rotina foi se tornando algo comum. O sentimento de segurança, conforto e tempo útil foi de grande auxílio para que o “novo” funcionasse.

 

Agora, com grande parte da população já vacinada e já caminhando para a terceira dose de reforço, algumas empresas já retornaram com as atividades presenciais, respeitando as normas da Organização Mundial de Saúde, a OMS.

 

Entretanto, alterações na rotina, como tivemos, e outros fatores que a situação nos apresentou, podem causar estresse e queda de rendimento. Afinal, quando a ansiedade e o emocional entram em campo, o lado profissional é diretamente afetado e esse resultado pode vir a ser mais negativo do que positivo.

 

Controlar as emoções, discernir o que provoca ansiedade e perceber o que incomoda é muito importante em qualquer situação. No ambiente de trabalho não é diferente, até porque, se calcularmos nossas horas diárias, é possível constatar que, comparando com as horas vividas em família, passamos mais horas trabalhando e convivendo com os colegas de trabalho.

 

Até aqui, pode ser que você não tenha lido nenhuma novidade, mas, como será que podemos identificar o que poderá nos atrapalhar nessa fase de retomada, de modo que nos ajudemos mutuamente, para nos mantermos ativos, inspirados, satisfeitos com nosso trabalho e equilibrados emocionalmente?

 

Parece ser uma missão complicada; porém, com uma equipe engajada e que se manteve assim, mesmo trabalhando à distância, a adaptação ao “novo normal” se torna mais sutil.

 

Portanto, pensando nesse retorno e em como o lado humano na organização, além da atuação dos gestores de pessoas dentro da empresa, é de suma importância, separamos cinco dicas essenciais para se manter a saúde mental e a qualidade de vida no retorno às atividades presenciais. Vamos lá!

 

Se você trabalhou de casa até pouco tempo, experimentou uma realidade bem diferente. De certo, as opiniões são diferentes, mas, para muitos, ter a companhia do animal de estimação, por exemplo, neste período em home, foi confortante e estimulador. Mudar o ambiente significa lidar com as escolhas.

 

Dica #1 – Trabalhe  a paciência e a compreensão

Toda alteração gera desgaste, mesmo que para um fim positivo. A readaptação precisa ser vista com compreensão e paciência, por todos da organização. E o trabalho maior está na mão dos Gestores de Pessoas, Recursos Humanos e Gestores de Equipe. É importante analisar! Propor atividades que façam esse colaborador sentir que está inserido no time, é muito bom.

 

É essencial lembrar que, para os que viveram a experiência de trabalhar de casa, o hábito de partilhar, se comunicar e expressar sentimentos pode ter sofrido também alterações. Por isso, é importante ter paciência e compreender o tempo do outro. 

 

… … …

Dica #2 – Volte a planejar seus horários

 

Um dos desafios que alguns podem encontrar é a maneira de planejar o dia de trabalho. A facilidade de estar em casa também alterou os horários. Se, antes, acordar bem mais cedo para encarar o trânsito e chegar no horário era um desafio, trabalhar em casa trouxe essa facilidade e rendeu mais horas de sono.

Agora é preciso dar atenção, também, ao relógio biológico, voltando a planejar a rotina e os horários.

 

… … …

Dica #3 – Trabalhe a autoestima e curta sua imagem

Por mais que você diga que, mesmo em home office se dedicava a estar impecável, como no presencial, sabemos que não é bem assim. Na verdade, muitos casos de depressão, neste período, ocorreram exatamente por conta do “deixar de lado a si mesmo”.

Agora é hora de se curtir, cuidar da sua imagem! Isso dará mais ânimo para sair de casa e chegar ao seu ambiente de trabalho.

… … …

Dica #4 – Inteligência Emocional

 

Este é o momento em que mais se precisará da Inteligência Emocional, e de todos os envolvidos. Isto porque estamos falando de um turbilhão de emoções vindas de todos os lados, e, quando falamos de emoção, não estamos classificando hierarquia, mas, sim, falando de pessoas.

… … …

Dica #5 – Flexibilidade

 

Para que esse retorno seja mais saudável, analise com sua equipe se a flexibilidade de horários, ou a modalidade híbrida de trabalho, pode ser uma vantagem. Reveja cada dado complementar, avalie cada resultado e, se o trabalho híbrido se encaixa na política da empresa, considere essa possibilidade, que pode surpreender.

… … …

Conclusão

 

Você percebeu que retornar às atividades presenciais e manter a qualidade de vida, não precisa ser uma tarefa difícil ou complicada. Na verdade, pode ser muito simples. 

Ouvir o colaborador, engajar as equipes e valorizar o humano nunca foi tão importante.

 

Com as dicas do post de hoje, esperamos que você alcance bons resultados e que sua equipe esteja tranquila para encarar o “novo normal”.

 

Aproveitando o tema de hoje, quero te indicar mais algumas leituras, aqui no blog, que falam sobre gestão de pessoas e que podem te ajudar a desenvolver boas estratégias.

 

Veja também:

Liderança no Digital: O que o mercado atual espera de um bom líder?

 

Pós-Pandemia dita novas tendências de consumo e mercado

 

 

 

 

Por: Vanessa Mandarano

Revisão: Leandro Pessoa

 

 

 

 

 

 

logotipo-netspeed

 

Comente

O seu endereço de email não será publicado