Veja 8 passos para implementar um Plano de Negócios decisivo para seu escritório contábil

Postado em: Categorias: FinanceiroTagged , , , , , , plano

Você já pensou em encontrar novas estratégias para o seu negócio, mapear soluções que entregam mais eficiência, agilidade e, por consequência, trazem maiores lucros? No entanto, não sabe ao certo como dar início a esse plano de negócio? Então, acompanhe o post de hoje e confira como melhorar seu planejamento e alcançar suas metas.

 

 

Sem tempo para ler? Ouça agora!

 

 

 

 

Em muitas circunstâncias as boas ideias chegam e, na idealização, tudo pode parecer extremamente simples. O mercado competitivo respira por inovação, e muitos arriscam sem ao menos ter um esboço do que, na verdade, precisará realizar para tornar real o seu propósito.

 

Ter a mente voltada à inovação é um dos agentes motivadores para alcançar objetivos e, por que não dizer, manter a ascensão do seu negócio, afinal é um processo que deve ser contínuo.

 

As ideias costumam fervilhar a cabeça do empreendedor, é exatamente nesse momento que o melhor a se fazer é parar para organizá-las.  Ter um momento reflexivo sobre o que cada insight quer mostrar e, assim, elaborar com clareza os caminhos que podem ser mais vantajosos para o seu negócio.

 

Por essa razão é tão importante desenvolver um modelo de negócio seguindo etapas construtivas que ajudarão a definir pontos importantes que veremos na sequência!

 

Os 8 passos para implementar um Plano de Negócios decisivo para seu escritório contábil

 

Desvendando os segredos do Plano de Negócios

 

1- Defina o segmento que você deseja dentro do universo contábil

 

Para começar a traçar suas metas, o que vou falar aqui pode parecer muito óbvio e acredito que você já tenha visto em outros materiais. O que significa que não dá para fugir do que a maior parte dos grandes empresários fizeram antes de abrirem suas empresas ou resolverem inovar em seu segmento.

 

Se em sua mente surgiu a palavra definição, você está no caminho certo!

Definir seu segmento quando se tem a ideia, mas não se sabe ao certo como colocá-la em prática, só ajudará a traçar seus próximos passos. E mesmo que você já tenha uma boa caminhada no mercado, porém sente que precisa de novos caminhos, tudo parte novamente da definição do segmento.

 

Por isso, escolha o que tem mais afinidade, veja os detalhes, certifique-se que a empresa que você tem planejado realmente está afinada com suas habilidades e competências.

 

Isso não muda para os que querem inovar nas suas empresas. Implementar novos serviços/produtos, melhorar o que já está em uso, também deve fazer parte do crescimento da organização. Entretanto, a pesquisa de mercado, ouvir o seu cliente e estar atento às “dores” que ele traz à tona é essencial.

 

Aliás, já que é preciso estar atento a detalhes, veja se o local escolhido para sua empresa condiz com seus objetivos e se aproxima do seu público. Às vezes, um mero detalhe faz toda diferença no retorno financeiro.

 

Importante!

Não se esqueça da Missão, Visão e Valores da sua empresa.

Muitas informações e, até mesmo, a vontade de mudar podem atrapalhar o seu caminho. Então, esteja conectado ao propósito que fez a “ideia” de empreender existir.

 

2 – Descubra se há potencial de mercado para o seu segmento

 

São muitas as áreas que o contador pode trabalhar e os nichos que podem ser atendidos. O ideal é a especialização! Ser perito em um segmento torna-o diferenciado no mercado e, portanto, sua empresa pode passar a ser conhecida exatamente por isso.

 

Na prática, você terá que fazer ou refazer pesquisas voltadas a sua proposta de comercialização. Ir a campo hoje está muito fácil, temos a internet para dar apoio, portanto, liste empresas que estão no mesmo ramo que você.

 

Selecione pelo menos vinte empresas ou até mesmo profissionais que estão se destacando na sua área e analise-os ponto a ponto. Observar a concorrência ajuda-nos a melhorar os nossos serviços e pode ainda trazer diversos insights.

 

3 -Desenvolva uma rede de negócios

 

Em muitos materiais de gestão, inovação e tecnologia, desenvolvidos por nós do Portal Educação Netspeed, você vai encontrar informações de como é importante o bom relacionamento, a comunicação, as parcerias, o networking e, claro, os fornecedores.

 

O mercado é competitivo, continuará a ser, porém, estamos em uma transição no mundo dos negócios. O relacionamento entre as pessoas é o que mais contará. Aproveite para tecer redes de negócios, trocar informações, conhecer outros profissionais e empresas de diversos segmentos.

 

4Precificação

 

Dentro do seu plano de negócios, com certeza, na sua lista tem estes três itens importantíssimos. Aliás, no início do material, citei a importância da localização onde sua empresa está, porque influencia na precificação dos seus produtos/serviços.

É preciso levar em conta a população da região, elaborar uma estimativa de ganhos e gastos, para assim definir qual será a melhor maneira de precificar o seu trabalho.

Claro que, como contador, esse conhecimento já faz parte da sua rotina, no entanto, muitos profissionais têm dificuldade de estabelecer o quanto deve, de fato, cobrar pelos seus produtos/serviços.

 

5- Plano de marketing

 

De maneira bem simples, pois o assunto é extenso e requer uma pauta única, para desenvolver um bom plano de marketing é preciso já estar alinhado com as demais ações que elencamos acima.

O processo que você vai estruturar deve ser executado de maneira organizada, apontando prazos, metas, recursos materiais e humanos que serão necessários, para dar andamento ao planejamento da sua empresa.

É importante ter claro aonde se quer chegar com o plano de marketing, ou seja, quais são os resultados esperados.

Portanto, coloque em destaque no seu fluxograma:

  • Situação atual do negócio;
  • Metas;
  • Estratégias possíveis;
  • Ações.

Feito isso, comece a estudar como será a melhor maneira de comunicar o seu produto ou serviço, ou seja, escolha canais de comunicação que estão em consonância com a proposta da sua empresa.

 

6 – Modelo de negócio

 

Com os pontos traçados, agora você tem em mãos a certeza de onde deve estar com seu negócio, já sabe quais são os produtos/serviços que irá ofertar e, portanto, pode começar a pensar nas estratégias promocionais, bem como nos canais de entrega escolhidos.

Afinal, o modelo de negócio nada mais é do que a maneira que a sua empresa entregará valor aos seus clientes.

 

7 – Análise de estratégias para negócios

 

Depois de todo mapeamento desenvolvido e dos processos em prática, é importante separar um período, seja ele semanal, mensal ou anual, para analisar  dados e números obtidos após executar as ações planejadas no plano de negócio, incluindo todo tipo de informação.

Agora é a oportunidade de perceber se o cenário que foi idealizado está correspondendo ou não. O que significa que podemos identificar os pontos de mudança, por meio do estado atual para o cenário desejado.

Por essa razão, é importante estar atento aos detalhes e não se importar com os erros, pois eles devem existir para desenvolver novas ações e trazer percepção de valor diferente para todos envolvidos.

 

8 – Relacionamento com cliente

 

Relacionamento com cliente é mais que atendimento, fidelização ou suporte ao consumidor. É preciso desenvolver ações que sejam atrativas para o cliente, com entrega de experiência.

 

Isso mesmo, experiência!

Quanto maior a dedicação em informar e educar o seu cliente, maior venda de produtos/serviços você terá.

O novo cliente precisa se sentir acolhido, porém os que já são efetivos, precisam ter motivos para permanecer utilizando os seus serviços.

 

Não importa o tamanho do seu empreendimento, pelo contrário, acompanhar a trajetória do seu cliente com a sua marca é um diferencial e torna seu relacionamento ativo e de valor.

 

Atualmente existem sistemas apropriados para auxiliar na coleta de dados dos seus clientes e, assim, de maneira tranquila, você terá meios para reconhecer os pontos de melhora.

—-

Conclusão

 

Por fim, de maneira breve, trouxe para você, contador, alguns pontos que fazem com que o seu Plano de Negócio seja apropriado para qualquer momento que sua empresa está, para que você se posicione assertivamente, com visões claras e sem receio de errar.

Coloque em prática e recomece quantas vezes achar necessário, utilize os meios que a tecnologia proporciona e continue a atender seus clientes com excelência.

O importante é saber o ponto de partida e se manter firme para chegar aonde deseja.

 

 

Texto: Vanessa Mandarano

Revisão: Beatriz Baptista

Arte: Lucas Loreto

Áudio: Rosangela Diniz

 

 

 

 

 

logotipo-netspeed

 

Comente

O seu endereço de email não será publicado