Como fazer um plano de contas?

Postado em: Categorias: Contabilidade, Educação, Empreendedorismo, Empresarial, Financeiro, Gestão, Tecnologia accountant-4008603_1920 (1)

Confira, também, as espécies mais conhecidas desse instrumento empresarial.


Organizar e controlar despesas estão entre as principais atividades de quem se propõe a empreender, sendo essencial para o desenvolvimento de um negócio, não é mesmo?

Para isso, o plano de contas tem sido indispensável para qualquer empresa, independentemente da área. Mas você sabe, de fato, o que é, quais os principais tipos e como fazer um plano de contas? Confira a seguir!

O que é o plano de contas?

O plano de contas corresponde a uma série de contas, antecipadamente determinada, que guiará as atividades contábeis de registro de fatos e atos próprios da organização, além de ser alicerce para a geração de demonstração contábil.

Tipos de plano de contas

Contábil e gerencial são as principais espécies de plano de contas. Acompanhe, em seguida, a diferença entre elas:

Plano de contas contábil

É um registro exigido e que visa a demonstrar resultados financeiros do empreendimento. Deve ser criado somente por um contador, observando normas de contabilidade.

Plano de contas gerencial

É utilizado, em particular, para efetuar a análise de resultados. Assim, exerce um papel relevante para a gestão financeira da organização. É mais flexível e pode ser desenvolvido em um padrão mais simples, descomplicando a assimilação dos gestores.

É possível criar um plano de contas gerencial utilizando instrumentos como planilhas ou, inclusive, com o auxílio de sistemas informatizados.

Plano de contas –  Modo de fazer

Compreendidos o significado e os principais tipos de plano de contas, separamos abaixo algumas dicas para colocá-lo em prática hoje mesmo.

  •  Organize corretamente os documentos empresariais;
  • Especifique os grupos relacionados ao plano de contas, tais como ativos, passivos, receitas;
  • Defina as contas e subcontas, tendo em vista que estas constituem cada um dos grupos. Assim, no grupo passivo, por exemplo, pode constar patrimônio líquido, passivo circulante e passivo não circulante.

Netspeed Mais – Você com mais conteúdo

E aí ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário.

Aproveite e clique aqui para baixar a 12ª edição da Netspeed Revista, na qual trazemos conteúdos a respeito do eSocial, da e-Financeira, das normas contábeis e muito mais.

Para ter acesso a conteúdo de qualidade e a novidades em primeira mão, curta nossa página e fique ligado no nosso Facebook.

logotipo-netspeed

Comente

O seu endereço de email não será publicado