O que é contabilidade ambiental?

Postado em: Categorias: Contabilidade, Empreendedorismo, Fiscal, Gestão sustainability-3303398_1920 edit

Fique por dentro do que caracteriza esse ramo contábil.


Você sabe o que é desenvolvimento sustentável? A expressão, nos últimos tempos, tem ganhado cada vez mais espaço à medida que as pessoas e as empresas reconhecem a necessidade de obter o crescimento econômico, preservando o meio ambiente e sem deixar de lado o aspecto social.

A partir disso, nesse contexto de atenção ao meio ambiente e aos recursos naturais, confira o que é contabilidade ambiental, o que a compõe e quais seus benefícios.

O que é contabilidade ambiental?

Refere-se a um segmento da contabilidade no qual são registrados e monitorados dados relativos a ações da entidade que surtem efeito no meio ambiente, funcionando como um registro do patrimônio ambiental, indicando as vantagens, desvantagens e consequências da exploração do meio ambiente.

Dessa forma, com o registro do patrimônio ambiental, composto por bens, direitos e obrigações de certa entidade, o intuito desse ramo contábil é possibilitar informações aos usuários acerca dos eventos ambientais que geraram alterações na situação patrimonial da entidade.

O que compõe a contabilidade ambiental?

Ativos ambientais: são simbolizados por bens e direitos que tenham capacidade de desenvolvimento de vantagem futura e que estão relacionados à conservação ambiental.

Passivos ambientais: são valores que serão dedicados pela entidade a fim de conservar ou defender o meio ambiente, resultantes de ações programadas ou inclusive de atitudes indevidas da entidade.

Receitas ambientais: são relacionadas à prestação de serviços vinculados à área de gestão ambiental, além da comercialização de produtos reciclados ou também diminuição de consumo de água ou energia.

Despesas ambientais: uso direcionado ao gerenciamento ambiental e consumo pelo setor administrativo da entidade.

Custos ambientais: são direta ou indiretamente vinculados à defesa do meio ambiente, tais como revitalização de espaços contaminados, tratamento de resíduos e de poluentes, entre outros.

Perdas ambientais: são as que não irão gerar vantagem para a entidade, isto é, serão despesas usadas para reparar acidentes ou imprevistos ligados ao meio ambiente.

Benefícios da Contabilidade Ambiental

Do ponto de vista da contabilidade ambiental, várias são os pontos positivos para a entidade, tais como:

  •  Publicação do Balanço Ambiental, que traz maior transparência na gestão e faz com que haja evolução da imagem da empresa perante o público;
  • Pode haver a correta mensuração de consumo de recursos, como água e eletricidade, além da realização de estudos de redução dos custos;
  • Desenvolvimento de informações e demonstrações que irão manifestar a eficiência e a viabilidade de determinado ato ambiental desejado, isto é, exibirá se compensa ou não realizar certo ato;
  • Amparo no reconhecimento de custos ambientais, possibilitando que os investimentos sejam realizados conforme os custos e vantagens adequadas;
  • Prosseguimento das condutas ambientais com a uso dos dados contábeis levantados. Isso poderá favorecer a todos, tendo em vista que a organização tem a possibilidade de, progressivamente, diminuir seu efeito no meio ambiente.

Netspeed Mais – Você com mais conteúdo

E aí ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário.

Aproveite e clique aqui para baixar a 11ª edição da Netspeed Revista, na qual trazemos conteúdos a respeito do Bloco k, da declaração anual do MEI, do Imposto de Renda 2019 e muitos mais.

Para ter acesso a conteúdo de qualidade e a novidades em primeira mão, curta nossa página e fique ligado no nosso Facebook.

logotipo-netspeed

Comente

O seu endereço de email não será publicado