O que é terceirização?

Postado em: Categorias: Contabilidade, Empresarial, eSocial, Folha de Pagamento, Gestão business-3167295_1920editttt

Veja, também, os prós e contras da prática que também é conhecida por “outsourcing”.


Nos últimos anos, sobretudo a partir de 2017, com a última Reforma Trabalhista, terceirização tem sido um tema que tem atraído a atenção de empresários, gestores e profissionais de diversas áreas de atuação, gerando, inclusive, debates e discussões.

A partir disso, confira não só o que é terceirização e qual seu objetivo como também quais as vantagens e as desvantagens de colocá-la em prática.

O que é terceirização?

Uma empresa possui tanto as chamadas atividades-fim quanto as atividades-meio. Enquanto a primeira (atividade fim) se refere às atividades essenciais para as quais a organização foi criada, a segunda (atividade-meio) é aquela não relacionada à finalidade empresarial.

Não ficou claro? Vamos a um exemplo: a Construtora ABC tem como objetivo a construção de casas, edifícios e imóveis em geral. Dessa forma, profissionais como pedreiros, pintores e eletricistas executam suas atividades relacionadas diretamente com o intuito do empreendimento, ou seja, exercem a atividade-fim, que é a de construção imobiliária.

Por outro lado, limpeza, cobrança, contabilidade e vigilância, por exemplo, apesar de necessárias, são atividades-meio, tendo em vista que não se relacionam diretamente com o objeto da empresa.

Assim, entendida a diferença entre as atividades, a terceirização é o processo em que uma organização, em vez de estabelecer vínculos empregatícios diretamente, contrata outra empresa para prestar determinado serviço.

Nesse contexto, ao reestruturar a legislação, a Lei 13.467/17, também chamada de Reforma Trabalhista, passou a prever a possibilidade de terceirização de quaisquer atividades empresariais, inclusive as atividades-fim, o que até então não era permitido pela súmula nº 331 do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Objetivo da terceirização

A terceirização visa a não só diminuir custos como também proporcionar maior flexibilidade e rapidez nos processos, aumentando a competitividade da empresa, já que, ao terceirizar, há possibilidade de concentrar esforços e recursos na atividade principal/essencial.

Vantagens da terceirização

  • Diminuição de custos;
  • Aumento da especialização;
  • Simplificação da gestão;
  • Flexibilização da estrutura.

Desvantagens da terceirização

  • Ampliação da dependência de terceiros;
  • Diminuição dos postos de trabalho;
  • Aumento dos custos decorrentes da redução das vagas de trabalho.

Netspeed Mais – Você com mais conteúdo

E aí ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário.

Aproveite e clique aqui para baixar a 11ª edição da Netspeed Revista, na qual trazemos conteúdos a respeito do Bloco k, da declaração anual do MEI, do Imposto de Renda 2019 e muitos mais.

Para ter acesso a conteúdo de qualidade e a novidades em primeira mão, curta nossa página e fique ligado no nosso Facebook.

logotipo-netspeed

Comente

O seu endereço de email não será publicado